Valor Econômico: Dados indicam caminhos estratégicos para o RH

Compartilhe este artigo na sua rede

“Aqui não sou apenas um número.” Essa frase, frequentemente usada quando alguém quer demonstrar o quanto se sente valorizado e respeitado pela empresa em que trabalha, remete de forma crítica aos antigos departamentos de recursos humanos, aqueles que tinham perfil meramente operacional e burocrático. À medida que a satisfação dos funcionários passou a ser reconhecida como fator estratégico para o sucesso de um negócio, a gestão de pessoas ganhou complexidade e foi se distanciando gradualmente da área de exatas para se aproximar das humanas. E assim chegou ao século 21: praticamente 100% dentro das humanas.

Leia a matéria na íntegra aqui

Não deixe de ler também…

O Guia Definitivo de People Analytics
People Analytics

O que é People Analytics?

A presença da análise de dados na área de gestão de pessoas se consolida a cada ano. Grandes corporações passaram a investir em soluções tecnológicas e obter avanços na performance dos colaboradores e nos resultados das empresas, mas muitos ainda desconhecem a definição e o que é possível esperar de People Analytics.  O que é

Leia mais »
A importância de delegar no bem-estar dos colaboradores
Gestão de Pessoas

A importância de delegar no bem-estar dos colaboradores

Apesar de ser uma habilidade fundamental, muitos líderes têm dificuldade em delegar. O benefício direto é claro: delegando, você se liberta para focar no trabalho que possui maior prioridade, ao mesmo tempo em que oferece a sua equipe desenvolvimento e crescimento pessoal e profissional.

Leia mais »
O papel das emoções em tomadas de decisões
Cultura Organizacional

O papel das emoções em tomadas de decisões

Quando nos deparamos com decisões difíceis e complexas, normalmente experimentamos emoções igualmente difíceis e complexas. Normalmente, não queremos ficar sentados com esses sentimentos desconfortáveis, então tentamos acabar com a tomada de decisão.

Leia mais »